Automático
| Postado em 24 de março de 2020 às 3:39

Carros automáticos baratos 2020; veja

Por Redação Portal

Separamos os carros automáticos baratos de 2020 com preços até R$ 70 mil.

Carros automáticos baratos 2020; veja
Ilustrativa

Os carros automáticos há muito deixaram de ser exclusividade de segmentos superiores. Carros compactos cada vez mais oferecem versões sem o pedal da embreagem e ainda é possível encontrar modelos com esse item de conforto por menos de R$ 60 mil. Separamos os carros automáticos baratos de 2020 com preços até R$ 70 mil.

Não consideramos os carros com transmissões automatizadas, tipo que cai em desuso. Ford, Renault, GM e Volks já abandonaram os câmbios robotizados e só a Fiat ainda mantém algumas versões GSR – mas só até a chegada da nova transmissão CVT, no fim do ano. Também excluímos as versões PcD.

Carros automáticos baratos até R$ 70 mil

1. Toyota Etios X 1.3 R$ 57.190
2. Chevrolet Onix 1.0 Turbo AT R$ 58.090
3. Volkswagen Gol 1.6 MSI AT R$ 59.590
4. Ford Ka SE 1.5 R$ 60.280
5. Chevrolet Onix Plus 1.0 Turbo AT R$ 61.250
6. Toyota Etios Sedan X R$ 62.290
7.  Ford Ka Sedan SE 1.5 AT R$ 62.330
8. Hyundai HB20 Vision 1.6 AT R$ 62.790
9. Nissan March SV 1.6 X-Tronic R$ 62.990
10. Fiat Argo Precision 1.8 AT6 R$ 64.990
11.  Volkswagen Voyage 1.6 MSI AT R$ 65.350
12. Renault Sandero Zen 1.6 X-tronic R$ 66.390
13. Nissan Versa SV 1.6 X-Tronic R$ 67.290
14. Hyundai HB20S Vision 1.6 AT R$ 67.390
15. Renault Logan Zen 1.6 SCe X-Tronic R$ 68.790
16. Honda City Personal 1.5 AT R$ 68.700
Honda Fit Personal 1.5 CVT R$ 68.700
17. Toyota Yaris XL 1.3 Live R$ 68.990
Citroën C3 Attraction R$ 68.990
18. Toyota Yaris Sedan XL 1.5 Live R$ 69.990
Fiat Cronos Drive 1.8 AT6 R$ 69.990
Peugeot 208 Active Pack R$ 69.990
Caoa Chery Tiggo 2 Look AT R$ 69.990

Veja as vantagens e desvantagens de cada modelo na lista abaixo:

1. Toyota Etios X 1.3: R$ 57.190
O Etios é o líder entre os carros automático baratos do país em 2020. Tudo bem que a transmissão é a velha e confusa de quatro marchas, com mudanças às vezes demasiadamente lentas. Mas é um conforto a mais. O motor 1.3 não tem a disposição do 1.5, contudo minimiza as imprecisões do câmbio e dá conta do recado na cidade.

Carro de entrada da Toyota no Brasil, o Etios caiu nas vendas depois da chegada do Yaris, mas continua com bom custo-benefício, manutenção baixa, pós-venda com boa reputação e espaço interno interessante.

O Etios X recebe itens de segurança como controles de estabilidade e tração, assistente à partida em rampas e Isofix.

2. Chevrolet Onix 1.0 Turbo AT: R$ 58.090
A segunda geração do Onix “chegou chegando” em setembro com mais espaço, equipamentos de série interessantes e um carro bem melhor acertado. O segundo carro automático mais barato do Brasil ostenta um motor turbo, o novo 1.0 três-cilindros com boas acelerações e baixo consumo.

O câmbio automático lida bem com o propulsor – e o compacto só não é o campeão entre os carros automáticos baratos por R$ 900… Esta versão já vem com seis airbags, controles de estabilidade e tração, assistente à partida em rampas, entre outros.

3. Volkswagen Gol 1.6 MSI AT: R$ 59.590

O Gol é fecha a a lista dos carros automáticos baratos abaixo da barreira dos R$ 60 mil. O hatch é outro que ficou defasado, mas mantém o preço nesta versão desde 2019. A transmissão de seis velocidades, além de ser bem competente, ainda traz consigo o motor 1.6 16V EA211 – bem mais moderno e eficiente que o velho EA111de até 104 cv.

Pena que o hatch peque pelos poucos equipamentos de série – até as borboletas para mudanças sequenciais da caixa são opcionais. Pelo menos, continua com baixa desvalorização e custo de manutenção adequado.

4. Ford Ka SE 1.5: R$ 60.280

Um dos melhores casamentos entre motor e câmbio no segmento de compactos é do Ford Ka. O desempenho do 1.5 12V surpreende pela agilidade, beneficiada em muito pela transmissão automática de seis marchas – só há um pequeno buraco entre a quarta e a quinta.

Direção firme, suspensão melhor acertada e ótima rigidez da carroceria contribuem para o Ka ser uma boa pedida entre os hatches de entrada automáticos.

5. Chevrolet Onix Plus 1.0 Turbo AT: R$ 61.250

O Onix Plus é o único sedã com motor turbo dessa lista. E que bom que a GM resolveu caprichar no sucessor do Prisma. O propulsor moderno casa bem com o câmbio de seis velocidades, e isso se reflete no desempenho, com arrancadas e mudanças de marcha convincentes.

Além disso, o modelo vem bem equipado, com ESP, seis airbags e controle de subida. Os casos de incêndio e o recall marcharam o lançamento, mas as boas vendas do sedã mostram que o episódio já foi superado.

O Onix Plus é o sedã com melhor preço entre os carros automáticos baratos de 2020.

6. Toyota Etios Sedan X: R$ 62.290

O Etios Sedan X tem boa mecânica, acerto de suspensão eficiente e o maior porta-malas do segmento. O problema está – além do acabamento interno – justamente na caixa de quatro marchas. O câmbio hesita demais em retomadas e tem respostas lentas. Compensa com revisões com preço baixo, motor eficiente e espaço generoso.

7. Ford Ka Sedan SE 1.5 AT: R$ 62.330

O Ford Ka Sedan, assim como o hatch, é com um dos conjuntos automáticos com melhor harmonia dentro da categoria de compactos. O Ka oferece arrancadas e retomadas bastante dispostas com seu três cilindros e o câmbio responde de forma ágil em diferentes níveis de rotação.

A direção e carroceria firmes empolgam, mas a lista de equipamentos da versão merecia mais itens de série. Por R$ 62.330, figura entre os carros automáticos baratos do Brasil.

8. Hyundai HB20 Vision 1.6 AT: R$ 62.790

O novo HB20, que estreou em setembro do ano passado, deu uma nova calibrada no conjunto mecânico. O câmbio automático de seis marchas agora trabalha melhor com o motor 1.6, que ganhou 2 cv a mais com etanol no tanque. As mudanças são ágeis e até certo ponto suaves, e os delays a giros médios foram minimizados.

O hatch compacto continua a se destacar pelo baixo custo das revisões e pela boa posição de dirigir, melhorou um pouco o acerto de suspensão, mas o valor do seguro continua salgado.

9. Nissan March SV 1.6 X-Tronic: R$ 62.990

O Nissan March é um dos poucos carros automáticos baratos do Brasil que segura o mesmo preço desde o ano passado. Mesmo defasado em relação aos rivais, tem custo benefício agressivo e uma caixa CVT tradicional, que evolui de forma bem linear e gradual, sem qualquer pitada de esportividade.

O compacto deve perdurar no mercado com menos versões – as configurações 1.0 foram descontinuadas – após a chegada da nova geração do Versa, porém, mantém o baixo custo de manutenção.

10. Fiat Argo Precision 1.8 AT6: R$ 64.990

Como os automatizados não foram considerados, cabe ao câmbio de seis marchas fazer as honras de equipar o carro automático mais barato da Fiat neste ranking dos carros automáticos baratos de 2020- o robotizado GSR, ex-Dualogic, continua na versão Drive e em versões do Uno e do Mobi, mas por pouco tempo.

O câmbio automático convencional aqui é até ágil, porém, o motor 1.8 E.torQ mantém o rodar áspero, com muita vibração e consumo alto. Em breve, o propulsor também deve ser substituído por uma nova família de unidades turbinadas.

11. Volkswagen Voyage 1.6 MSI AT: R$ 65.350

O Voyage é outro sedã que ficou para trás perante rivais bem mais modernos, bonitos e espaçosos. Mas é uma das opções dos carros automáticos baratos do mercado. E o melhor é que, para usar o câmbio de seis velocidades, o Voyage tem de se valer do motor 1.6 16V, bem mais eficiente que o antigo 8 válvulas. Custo de manutenção e robustez são os destaques do sedã da VW, que deve mudar em 2022.

12. Renault Sandero Zen 1.6 X-tronic: R$ 66.390

Renovado em meados de 2019, o Renault Sandero continua entre os carros automáticos baratos do país. E o que é melhor, com a transmissão CVT que varreu da linha Renault, em uma tacada só, o velho câmbio automático de quatro marchas e o confuso automatizado Easy’R.

A caixa casou bem com com o motor 1.6 SCe -melhor até do que no Duster. Tem seis marchas simuladas, mas o comportamento é aquele linear típico das transmissões variáveis.

13. Nissan Versa SV 1.6 X-Tronic: R$ 67.290

O Versa se destaca especialmente pelas revisões com preço fixo das mais baratas do segmento e do amplo espaço interno. O conjunto com caixa CVT tem comportamento bastante normal e pacato, sem doses de esportividade.

Vale destacar que o modelo parou no tempo em termos de mecânica e design. Tanto que numa nova geração chegará do México em breve. Só que o Versa brasileiro continuará à venda em versões mais básicas.

14. Hyundai HB20S Vision 1.6 AT: R$ 67.390

Na chegada da nova geração, em setembro de 2019, o motor 1.6 ganhou em potência e isso fez bem ao sedã da marca sul-coreana como um todo. A transmissão automática de seis velocidades faz mudanças ágeis e com poucas imprecisões.

O HB20S também ficou com carroceria e suspensões mais firmes, e manteve o custo de manutenção competitivo. Mas o seguro continua salgado.

15. Renault Logan Zen 1.6 SCe X-Tronic: R$ 68.790

A remodelação do ano passado fez bem ao Renault Logan. Bancos mais confortáveis e melhor capricho no acabamento melhoraram a vida a bordo. A transmissão CVT lida bem com o motor SCe, mas naquela pegada bastante linear.

O espaço continua sendo um dos trunfos do Logan, porém a posição de dirigir e a chegada de rivais mais modernos complicam a vida do carro. Mesmo assim está entre os automáticos baratos.

16. Honda City Personal 1.5 AT: R$ 68.700

O modelo se vale muito da imagem de confiabilidade da marca japonesa. O motor 1.5 já dá sinais de cansaço, mas casa bem com a caixa CVT no City. O desempenho é gradual, sem trancos – bom para o dia dia no trânsito.

A lista de equipamentos é razoável e o custo de manutenção um pouco mais caro que o da concorrência. Uma nova geração é aguardada para 2021.

Honda Fit Personal 1.5 CVT: R$ 68.700

O Honda Fit entrou na lista dos carros automáticos baratos do Brasil por R$ 1.200 – a diferença que o separa para o Citroën C3 Attraction 1.6 AT6. Pesa a seu favor a confiança que a Honda transmite em termos da mecânica e pós-venda aos seus carros e o espaço interno.

A caixa CVT não tem marchas simuladas, mas é uma transmissão fiel à proposta de conforto, sem trancos ou variações muito bruscas no desempenho. O monovolume ganhará nova geração – já mostrada lá fora – no início de 2021.

17. Toyota Yaris XL 1.3 Live: R$ 68.990

O Toyota Yaris conseguiu melhor de dois mundos na gama do fabricante japonês: o eficiente motor 1.3 da linha Etios com a ótima caixa CVT do antigo Corolla. Trata-se de uma das melhores calibragens de câmbio continuamente variável do mercado, que ainda oferece sete marchas virtuais para uma melhor interação com o carro em retomadas e subidas de serra. Espaço interno e manutenção também são favoráveis no Yaris.

O Citroën C3 é um carro esquecido pelos consumidores. Há muito tempo sem qualquer alteração relevante, ele é equipado com um motor 1.6 de 118 cv (com etanol) e câmbio automático de seis velocidades.

Vem com um pacote razoável de equipamentos de série, mas a má fama do pós-venda e da revenda faz com que ele seja pouco desejado pelos consumidores, mesmo estando entre os automáticos baratos do Brasil.

18. Toyota Yaris Sedan XL 1.5 Live: R$ 69.990

O Yaris oferece uma dose de conforto de Corolla com o acerto do câmbio CVT da geração anterior do seu irmão maior. E o resultado é bom no compacto premium.

A transmissão com sete marchas virtuais tem comportamento linear e suave, sem parecer uma enceradeira e segurar demais os giros nas arrancadas. Espaço, equipamentos e custo de manutenção são os destaques deste modelo que está entre os automáticos baratos até R$ 70 mil.

Fiat Cronos Drive 1.8 AT6: R$ 69.990

O modelo da Fiat oferece boa dirigibilidade e dose de conforto na medida. Devido aos descontos agressivos que a rede costuma conceder, o Cronos tem um dos melhores custos benefício – é possível encontrar essa versão por R$ 65 mil. Pena que o motor 1.8 E.torQ seja beberrão e tenha rodar áspero, o que atrapalha o desenvolvimento da caixa de seis velocidades. Em breve, a marca italiana deve trocar o conjunto por um turbo com câmbio CVT.

Peugeot 208 Active Pack: R$ 69.990

A atual geração do Peugeot 208 está dando adeus ao mercado: não é mais segredo que o novo, completamente reformulado, chega ainda neste ano. Tem o mesmo conjunto mecânico do Citroën C3, mas só vale a pena se for comprado com um excelente desconto.

Melhor aguardar o novo 208 que promete ser uma boa novidade entre os hatches compactos.

Caoa Chery Tiggo 2 Look AT: R$ 69.990

O modelo de entrada da Caoa Chery é uma opção para quem quer um modelo com apelo aventureiro: a marca, inclusive, o vende como um SUV. Seguindo a receita chinesa, o pacote de equipamentos de série promete ser um diferencial.

O motor é um 1.5 litro flex de 16 válvulas com 110 cavalos de potência quando abastecido com gasolina e 115 cv com etanol.

O desempenho não é dos melhores: o motor trabalha com um câmbio é automático de quatro velocidades.

0 0 vote
Article Rating

Fonte
Auto Papo


Tags


Deixe sua reação


Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas
Colunas
Colunas
Mais Vídeos
Seja você a mudança que quer para o mundoSeja você a mudança que quer para o mundo
Vídeos

Seja você a mudança que quer para o mundo

Clubinho Honda – Segurança no TrânsitoClubinho Honda – Segurança no Trânsito
Vídeos

Clubinho Honda – Segurança no Trânsito

Em todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsitoEm todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsito
Vídeos

Em todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsito

O uso da bicicleta facilita o trânsitoO uso da bicicleta facilita o trânsito
Vídeos

O uso da bicicleta facilita o trânsito