Automóvel
| Postado em 28 de outubro de 2019 às 2:55

Carros da chinesa Hongqi brilham no Salão do Automóvel Internacional

Por Redação Portal

O evento marca a segunda participação da marca Hongqi no salão do automóvel de nível mais elevado em todo o mundo

Carros da chinesa Hongqi brilham no Salão do Automóvel Internacional
Reprodução

A fabricante de automóveis líder da China, o Grupo FAW, apresentou modelos de última geração de sua marca icônica de sedans, a Hongqi, no Salão do Automóvel Internacional (IAA) de Frankfurt.

O evento marca a segunda participação da marca Hongqi no salão do automóvel de nível mais elevado em todo o mundo, desde sua estreia no Auto Mobil International (AMI), em Leipzig, em 1960. Com a chegada do décimo dia de abertura do salão para a imprensa, na terça-feira, os visitantes enchiam o auditório oito na espera de ver os dois novos modelos que estavam no palco cobertos por um tecido prateado, mas que revelavam linhas elegantes. Acompanhado de uma música vibrante e uma iluminação extraordinária, Xu Liuping, president do Grupo FAW, revelou o que havia sob os tecidos, o primeiro superesportivo, o S9, projetado e fabricado pela Hongqi e o SUV conceito complementamente elétrico, o E115. Já se sabe que os dois novos modelos representam o que há de mais novo na tecnologia e no design da Hongqi. Com o novo sistema híbrido de energia V8T, o S9 é o primeiro produto da série S da marca. Xu comentou que o S9 é uma integração do conceito de design, das características da família da marca, da mais alta tecnologia de engenharia e de estupenda velocidade, que agrega com perfeição a arte e a tecnologia.

“O S9 não é apenas uma peça para exibição, ele será produzido em massa e os clientes passam a recebê-lo em 2021”, observou Xu. Com autonomia de 600 quilômetros, o E115 é um veículo inteligente que pode selecionar o modo de direção e nível do piloto automático de acordo com o trânsito, as preferências do condutor e planos de viagem. A Hongqi decidiu percorrer um novo caminho com uma estratégia renovada para a marca e a visão de criar “qualidade de vida e mobilidade” para os clientes da China e de outros lugares, de acordo com as declarações de Xu na coletiva de imprensa.

Sob o tema “Driving Tomorrow”, o IAA deste ano busca deixar de ser apenas um clássico salão do automóvel para ocupar o lugar de uma plataforma para a discussão do futuro da mobilidade individual. Com centenas de anos de história, o evento bianual, também conhecido como as Olimpíadas do setor automotivo mundial, é uma das cinco maiores mostras automobilísticas do mundo.

Fonte
Exame


Tags


Deixe sua reação


Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Notícias Relacionadas
Embreagem

Embreagem está com problema? Sinais indicam hora da troca

É difícil estimar quanto tempo a embreagem de um carro dura, pois depende do peso do veículo...

Ciclista

Projeto de Lei exige treinamento específico de motoristas de ônibus para preservar ...

No dia 19 de março, o empresário Artur Vinícius Sales, de 43 anos, morreu após ser atropelado...

Atropelamentos

Trauma de João Pessoa registra 14 casos de atropelamentos durante o final ...

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, realizou...

Colunas
Colunas
Colunas
Colunas