Deslocamento
| Postado em 24 de março de 2020 às 5:00

Covid-19: bicicleta pode ser opção para deslocamento

Por Redação Portal

Afinal, muitos ainda precisam trabalhar e praticamente todos precisam fazer deslocamentos para comprar alimentos ou medicamentos.

Covid-19: bicicleta pode ser opção para deslocamento
Reprodução

Apesar da recomendação das autoridades ser evitar sair de casa durante a pandemia de coronavírus, a verdade é que, para muitas pessoas, não fazer nenhum tipo de deslocamento é algo simplesmente impossível. Afinal, muitos ainda precisam trabalhar e praticamente todos precisam fazer deslocamentos para comprar alimentos ou medicamentos. Neste caso, a bicicleta pode ser uma ótima opção de transporte, principalmente para evitar a aglomeração e o risco de contágio ligado ao transporte público.

Em resumo: Devo pedalar durante a pandemia de convid-19 ?
Se você precisa se deslocar, a bicicleta é uma opção melhor do que transportes públicos, pois permite o distanciamento social e o menor contato em superfícies. Mas vale lembrar que a recomendação atual hoje é ficar em casa, evitando o uso recreacional e esportivo por enquanto.

Medidas a favor da bicicleta pelo mundo

Por conta disso, na cidade de Bogotá, Colômbia, uma das primeiras medidas adotadas foi a ampliação da malha cicloviária. Em apenas uma semana, a prefeita Claudia López ampliou em 117km a já extensa estrutura cicloviária da cidade, que já contava com quase 600km de vias exclusivas para a bicicleta. A população local é de 7,7 milhões de pessoas, com 85% fazendo seus deslocamentos a pé, bicicleta ou ônibus.

Aqui no Brasil, boa parte da população utiliza o transporte público para seus deslocamentos diários. Segundo a pesquisa de Origem e Destino do Metrô de São Paulo, apenas cerca de 30% da população utiliza o transporte individual motorizado (carros e motos), para seus deslocamentos. Isso quer dizer que, na metrópole paulistana, cerca de 31% da população faz seus deslocamentos a pé, enquanto cerca de 34% utiliza ônibus, metrô e trens. Para estas pessoas, principalmente em deslocamentos menores, a bicicleta pode ser uma excelente opção.

Em cidades como Nova York, o efeito foi sentido já nas primeiras semanas da pandemia. Segundo a repórter Carolina Cimenti, da Rede Globo, sediada na cidade, as bicicletas simplesmente desapareçam das lojas locais, indicando que a população está buscando ativamente a procura por um modal que evite ao máximo com outras pessoas, que não tenha um custo proibitivo.

“Pedalar hoje é solução de deslocamento para aqueles que de fato precisam se deslocar. Aqueles que podem ficar em casa tem que ficar em casa. O que eu quero dizer, não é para sair e treinar que em um palito já forma pelotão e aglutinação. Foi esse o motivo de [url=”https://www.pedal.com.br/coronavirus-espanha-e-italia-proibem-ciclismo-para-reduzir-sobrecarga-em-hospitais_texto14280.html”]proibição de sair para treinar na Itália e Espanha[/url], países que eu sei mas devem ter muitos outros na mesma linha.

Assim a bicicleta como meio de transporte para aqueles que devem sair de casa sim é solução guardando as precauções principalmente a de não aglomerar. Quarentena não é férias”, afirmou [url=”https://www.pedal.com.br/renata-falzoni-anuncia-sua-candidatura-a-vereadora-de-sp_texto14179.html”]Renata Falzoni, jornalista especializada em bicicletas e pré-candidata a vereadora de São Paulo[/url].

Não é só o distanciamento social

Além da obvia vantagem de manter uma maior distância entre as pessoas, a bicicleta ainda oferece diversas vantagens para seus usuários. Um recente estudo publicado pela jornal [url=”https://www.pedal.com.br/estudo-explica-paixao-de-homens-de-meia-idade-pelo-ciclismo_texto12322.html[/url], um dos motivos que fazem com que homens de meia idade se apaixonem pelo pedal é justamente o relaxamento proporcionado por uma atividade ao ar livre.

Além disso, um trabalho publicado no [url=”https://www.pedal.com.br/estudo-afirma-que-pedalar-com-alta-cadencia-e-ineficiente-para-iniciantes_texto13573.html]Aging Cell journal[/url] relaciona a prática do ciclismo com um fortalecimento expressivo do sistema imunológico de idosos. Segundo o trabalho, ciclistas de 60 ou 70 anos tem um sistema de proteção tão eficiente quando o de um jovem de apenas 20 anos.

Obviamente, em tempos de confinamento, aproveitar a necessidade de trabalhar ou fazer compras com a possibilidade de ter um contato saudável com o meio externo é pode ser uma excelente opção para aliviar o estresse causado por passar dias e dias dentro de casa. Por conta disso, um grupo de 50 pesquisadores do Reino Unido redigiu uma carta aberto para o Governo Britânico, pedindo para que a [url=”https://docs.google.com/document/d/e/2PACX-1vR5AdOmF2effrg-lpBXtvh0stbxM0W6xTDwV2J-xIgHB8rPfZl5bLVR5eL7VV2m_W9xx5PgH26TB0vq/pub”]bicicleta e as caminhadas sejam ferramentas no combate aos efeitos nocivos da pandemia do Covid-19[/url].

Apesar disso, é preciso tomar muito cuidado em deslocamentos, estejam as pessoas de carro, moto, bicicleta ou a pé. Isso porque, na atual situação, é preciso evitar ao máximo usar o sistema de saúde, não só por conta do risco de contaminação, mas também para não sobrecarregar ainda mais os hospitais do pais.

Sobre o risco de acidentar-se: “acredito que para quem se desloca, esse é o momento de todas as cautelas, em especial os motoristas com pedestres e ciclistas”, finalizou Renata.

0 0 vote
Article Rating

Fonte
Pedal.com


Tags


Deixe sua reação


Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas
Colunas
Colunas
Mais Vídeos
Seja você a mudança que quer para o mundoSeja você a mudança que quer para o mundo
Vídeos

Seja você a mudança que quer para o mundo

Clubinho Honda – Segurança no TrânsitoClubinho Honda – Segurança no Trânsito
Vídeos

Clubinho Honda – Segurança no Trânsito

Em todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsitoEm todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsito
Vídeos

Em todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsito

O uso da bicicleta facilita o trânsitoO uso da bicicleta facilita o trânsito
Vídeos

O uso da bicicleta facilita o trânsito