Distrito Federal
| Postado em 21 de maio de 2020 às 9:00

Detran-DF já investiu R$ 515 mil em sinalização

Por Redação Portal

O investimento em serviços de sinalização foram realizados nos primeiros quatro meses

Detran-DF já investiu R$ 515 mil em sinalização
Divulgação/Agência Brasília

Mais de R$ 515 mil foram investidos pelo Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) em serviços de sinalização nos primeiros quatro meses de 2020. Os serviços, constantes, não param com as medidas de prevenção à disseminação do coronavírus. As pistas vazias, aliás, auxiliam as ações durante o dia.

De janeiro a abril, foram feitos ou revitalizados 49.411,07 metros quadrados de sinalização horizontal. As equipes de engenharia do Detran ainda trabalharam em 10.558 lombadas e em 416 faixas de pedestres. Além disso, os serviços incluíram a revitalização de 11.402 vagas de estacionamento e outras 91 vagas específicas para motos. Placas de trânsito também foram instaladas ou substituídas em 356 pontos.

Diretor de Engenharia de Trânsito do Detran-DF, Pedro Paulo Barbosa Gama explica que os serviços de execução e revitalização de sinalização horizontal e vertical pela cidade não têm pausa. Agora, as equipes da autarquia aproveitam o baixo movimento de veículos nas ruas para fazer durante o dia o que antes precisava adentrar a noite.

Um exemplo de atuação ocorre no Itapoã, que recebe ações de sinalização desde a semana passada. Entre os serviços já executados estão a revitalização de faixas de pedestres na Avenida do Murão, a principal da cidade, e a instalação de placas de sinalização de pontos de ônibus e de estacionamentos para idosos e pessoas com deficiência.

Para o administrador regional do Itapoã, tudo isso é essencial para segurança. “É muito importante para nossa comunidade. Tínhamos faixas de pedestres apagadas, e sabemos que elas salvam vidas. Aos motoristas, as sinalizações também evitam acidentes. As instalações e revitalizações trazem segurança a todos”, diz Valdemar Medeiros.

Efeitos de chuva e seca

A chuva, porém, comprometeu as ações deste ano. “A quantidade de serviços acabou ficando limitada por conta disso. Esperamos melhorar ainda mais os trabalhos com a chegada da seca, que é a melhor época para atender com velocidade às necessidades de execução – e com mais qualidade, já que a chuva acaba estragando, desperdiçando material e levando ao retrabalho”, explica Pedro Paulo Barbosa Gama.

Em época de seca, o cuidado é com a limpeza. O diretor explica que o pavimento tem grande quantidade de betume, um produto a base de petróleo que é misturado com areia e brita para gerar o asfalto. Sem chuva, o material pode sujar as pinturas no solo. “Trabalhamos em um edital de licitação para contratar empresa para a lavagem, com previsão de execução mediante ordem de serviço”, revela.

0 0 vote
Article Rating

Fonte
Agência Brasília


Tags


Deixe sua reação


Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas
Colunas
Colunas
Mais Vídeos
Seja você a mudança que quer para o mundoSeja você a mudança que quer para o mundo
Vídeos

Seja você a mudança que quer para o mundo

Clubinho Honda – Segurança no TrânsitoClubinho Honda – Segurança no Trânsito
Vídeos

Clubinho Honda – Segurança no Trânsito

Em todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsitoEm todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsito
Vídeos

Em todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsito

O uso da bicicleta facilita o trânsitoO uso da bicicleta facilita o trânsito
Vídeos

O uso da bicicleta facilita o trânsito