Notícias
08/11/2019 às 3:48 | Atualizado em 08 de novembro de 2019

Emplacamento e habilitação podem ser exigidos dependendo do tamanho de Patinetes e Scooters

Por Redação Portal

Veículos cujas medidas iguais ou menores do que a de cadeiras de roda, segundo a norma NBR 9050/2004, não precisam ser emplacados, e podem ser conduzidos por qualquer pessoa.

Emplacamento e habilitação podem ser exigidos dependendo do tamanho de Patinetes e Scooters
Crédito das imagens: Divulgação

Cada vez mais comuns nas grandes cidades, os patinetes elétricos se tornaram febre mundial. No Brasil, não é diferente e não são apenas aqueles menores, oferecidos por empresas de compartilhamento, que fazem sucesso. Modelos maiores também estão se popularizando. São aqueles patinetes semelhantes ao do técnico do Santos, o argentino Jorge Sampaoli, que viralizou ao ser visto rodando pela cidade do litoral paulista com o veículo.

Mas não é só comprar um patinete e sair rodando com ele por aí. Dependendo do peso suportado, velocidade alcançada e potência do motor elétrico, o veículo pode ser classificado como ciclo-elétrico ou até motocicleta, exigindo emplacamento e a habilitação do condutor maior de 18 anos nas categorias A ou ACC para conduzi-lo.

Scooters e patinetes elétricos de todos os tipos estão sendo vendidos por diversas lojas, físicas, ou na internet. Os preços variam, mas podem passar dos R$ 10 mil. Alguns estabelecimentos ainda recomendam seus produtos para adolescentes. Outros vão além. No site de uma das lojas consultadas, aparece a informação de que um determinado modelo “pode ser pilotado por crianças a partir de 10 anos – devidamente acompanhada dos pais ou pessoas mais velhas”. O estabelecimento ainda reforça que não é preciso “nenhum tipo de habilitação para se divertir com a Scooter”.

No entanto, a lei diz outra coisa.

Duas resoluções do Conselho Nacional de Trânsito, o Contran, regulamentam os patinetes e scooters.

A resolução 465, de 2013, estabelece os parâmetros para os chamados equipamentos de mobilidade individual autopropelidos. Ela prevê que veículos cujas medidas iguais ou menores do que a de cadeiras de roda, segundo a norma NBR 9050/2004, não precisam ser emplacados, e podem ser conduzidos por qualquer pessoa. Para isso, devem ter até 1,15 metro de comprimento, 70 cm de largura e 92,5 cm de altura.

Além disso, esse tipo de veículo pode rodar em calçadas, desde que a velocidade seja de até 6 km/h, ou em ciclovias e ciclofaixas, com velocidade limitada a 20 km/h. Por fim, são necessários equipamentos de segurança, como campainha, velocímetro e iluminação.

Fonte
G1


Tags


Deixe sua reação


Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Notícias Relacionadas
Acidente de Trânsito

Companheiro de Xuxa Meneghel sofreu acidente grave de moto

Companheiro de Xuxa Meneghel, o ator Junno Andrade passou após sofrer um acidente assustador...

Tragédia

Jovem que saiu de festa morre após perder a direção do veículo ...

Um jovem morreu após percer o controle do veículo em que conduzia às margens da BR-230 nas proximidades...

Decreto

Ministério estabelece condições mínimas de segurança, sanitária e de conforto para motoristas ...

O  Secretário Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho,...

Colunas
Colunas