Notícias
| Postado em 14 de novembro de 2019 às 7:00

Hoje: Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito

Por Redação Portal

Acidentes de trânsito, mais de 1,35 milhão de pessoas perdem a vida

Hoje: Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito
Divulgação

Acidentes de trânsito: Mais de 1,35 milhão de pessoas perdem a vida, aponta OMS

Desde 2004, a Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta para o número crescente de mortes no trânsito no mundo, especialmente nos países mais pobres e em desenvolvimento das Américas, da África e da Ásia.

De acordo com o “Global status report on road safety 2018”, lançado em dezembro de 2018, as mortes nas estradas continuam aumentando em todo o mundo e mais de 1,35 milhão de pessoas perdem a vida todos os anos em decorrência de acidentes de trânsito, o que significa que, em média, morre uma pessoa a cada 24 segundos. O documento revela ainda que as lesões causadas pelo trânsito são hoje a principal causa de morte de crianças e jovens entre 5 e 29 anos.

O risco de morte no trânsito continua sendo três vezes maior nos países de baixa renda e as taxas mais elevadas encontram-se na África, 26,6 pessoas por cada 100 mil. O Relatório da Situação Global da OMS destaca ainda que pedestres e ciclistas são responsáveis por 26% de todas as mortes no trânsito.

Esse número chega a 44% na África e 36% no Mediterrâneo Oriental. Já os motociclistas e os passageiros, são responsáveis por 28% de todas as mortes. A proporção é maior em algumas regiões, por exemplo, no Sudeste Asiático (43%) e no Pacífico Ocidental (36%).

Em comparação ao “Global status report on road safety 2015”, mais 22 países melhoraram suas leis, cobrindo mais 1 bilhão de pessoas. Neste momento, 46 países, representando 3 bilhões de pessoas, possuem leis que estabelecem limites de velocidade alinhados com as melhores práticas. O mesmo se passa com outras 45 nações, com 2,3 bilhões de pessoas, e leis sobre consumo de álcool.

Mais de três crianças por dia perderam a vida no Brasil

No Brasil, no ano de 2016, os dados também são lamentáveis: 3,5 crianças morreram por dia, ou seja, são 105 vidas perdidas em um mês. Conforme números compilados pelo Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), juntamente com a Universidade Federal do Paraná (UFPR), com informações do Sistema Datasus, foram registradas 1.292 mortes de crianças entre zero e 14 anos naquele ano. Esta faixa etária representa 23% da população brasileira.

Na tentativa de refrear o alto índice de acidentes, a ONU lançou a Década Mundial de Ações para a Segurança no Trânsito (de 2011 a 2020) e governos de todo o mundo se comprometeram a tomar novas medidas de prevenção, com o objetivo de reduzi-los em até 50%. E você, o que tem feito para tornar o trânsito mais seguro para todos?

Fonte
Fenasdetran


Tags


Deixe sua reação


Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Notícias Relacionadas
Identificação

Novas regras para motoristas de aplicativos

A partir de 30 de janeiro, os motoristas de aplicativo de Campo Grande, precisarão identificar...

Semáforo

Lei permite avanço no sinal vermelho durante a madrugada

Multas em infração de trânsito por avançar ao semáforo com indicação de sinal vermelho  ...

Projeto de Lei

CCJ aprova fim da exigência de apresentação de CNH para comprar veículo ...

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados  aprovou projeto...

Colunas
Colunas
Colunas
Colunas