Moldura
| Postado em 30 de janeiro de 2020 às 5:00

Hyundai Creta vira alvo de roubos de moldura da coluna A

Por Redação Portal

Os casos têm se tornado tão comuns que a designer Sandra Saltini de Moraes, de Santo André (SP), chegou a criar o grupo no WhatsApp “Creta sem moldura”, com quase 100 participantes

Hyundai Creta vira alvo de roubos de moldura da coluna A
Reprodução

A combinação do preço elevado da peça e sua facilidade de retirada fizeram surgir um novo mercado: o furto do acabamento da coluna dianteira do Hyundai Creta.

“Desde que começaram os roubos, nunca mais tive tranquilidade para estacionar o carro na rua”, conta a funcionária pública Ana Gabriela Cavalcanti, de São Paulo (SP).

“Logo depois que fui furtada, a autorizada pediu R$ 2.500 pelo par de molduras. Mas, devido à alta incidência de casos, baixaram para R$ 1.500”, diz a dona de um Creta Atitude 2018.

O gerente de projetos Jairo Antônio Magalhães também reclamou do preço da peça depois que passou pelo mesmo problema.

“Quando vi o orçamento de R$ 2.178, achei um absurdo pagar 3% do valor do carro para colocar um item de plástico que será furtado de novo. No estacionamento onde deixo meu carro, sempre aparece um Creta sem a peça”, conta Jairo.

Os casos têm se tornado tão comuns que a designer Sandra Saltini de Moraes, de Santo André (SP), chegou a criar o grupo no WhatsApp “Creta sem moldura”, com quase 100 participantes, entre vítimas do furto e pessoas com receio de usar o carro em razão dos roubos.

“Por causa da reunião dos proprietários, já percebemos que a Hyundai tem diminuído o preço das molduras, que antes custavam R$ 3.000 o par e agora são vendidas por menos R$ 1.000, o que pode ajudar a reduzir o número de furtos”, explica Sandra.

Para evitar que sejam roubados, alguns donos preferem colar a moldura na coluna, como fez o engenheiro civil Marco Duscha, de São Paulo.

“Após acompanhar os relatos pela internet, decidi colar as molduras nas colunas do para-brisa com silicone preto bem nas frestas onde os ladrões encaixam a ponta dos dedos para puxar as peças”, explica Marco.

Consultada sobre o caso, a Hyundai explica que já tomou três medidas para combater os furtos: reduziu o preço das molduras em cerca de 70% e abasteceu sua rede autorizada com estoque adicional para garantir a pronta entrega.

Além disso, a fabricante diz ter preparado seu SAC para oferecer, como cortesia, a reposição das peças furtadas, mediante a apresentação de Boletim de Ocorrência classificado como “Furto que Danificou o Veículo”.

0 0 vote
Article Rating

Fonte
Quatro Rodas


Tags


Deixe sua reação


Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas
Colunas
Colunas
Mais Vídeos
Seja você a mudança que quer para o mundoSeja você a mudança que quer para o mundo
Vídeos

Seja você a mudança que quer para o mundo

Clubinho Honda – Segurança no TrânsitoClubinho Honda – Segurança no Trânsito
Vídeos

Clubinho Honda – Segurança no Trânsito

Em todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsitoEm todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsito
Vídeos

Em todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsito

O uso da bicicleta facilita o trânsitoO uso da bicicleta facilita o trânsito
Vídeos

O uso da bicicleta facilita o trânsito