Irregular
| Postado em 02 de dezembro de 2019 às 2:40

Operação do MP apura exclusão irregular de quase 450 multas em 3 meses na Transalvador

Por Redação Portal

De acordo com as investigações, ao menos 444 infrações foram apagadas do sistema do órgão de trânsito durante três meses, totalizando um prejuízo de R$ 84 mil aos cofres públicos.

Operação do MP apura exclusão irregular de quase 450 multas em 3 meses na Transalvador
Naiá Braga/TV Bahia

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) deflagrou na manhã desta segunda-feira (2) uma operação que investiga exclusão de multas, corrupção ativa e passiva e associação criminosa atribuídas a um funcionário da Transalvador.

De acordo com as investigações, ao menos 444 infrações foram apagadas do sistema do órgão de trânsito durante três meses, totalizando um prejuízo de R$ 84 mil aos cofres públicos. Segundo o MP-BA, a denúncia foi encaminhada pela própria Transalvador, que colaborou com a investigação.

Durante a ação, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, sendo um na sede do órgão de trânsito, localizada no Vale dos Barris, e ou no bairro de Narandiba. Foram apreendidos documentos, equipamentos eletrônicos, celulares, relógios, computadores, apontamentos e outros bens de valor associados às práticas criminosas.

A operação foi coordenada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco), do MP, com o apoio técnico da Coordenadoria de Segurança Institucional e Investigação (CSI) e suporte operacional da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que auxiliou no cumprimento dos mandados.

Em nota, a Transalvador reforçou a informação do MP-BA de que está apoiando a ação, e informou que “tem interesse que os fatos sejam esclarecidos com brevidade e que possíveis autores de irregularidades sejam punidos da maneira devida”.

A ação é um desdobramento da “Operação Freio de Arrumação”, deflagrada em setembro contra corrupção em órgãos de trânsito. Inicialmente, a operação já havia cumprido 11 mandados de busca e apreensão e dois mandados de exibição de documentos públicos no Detran e Transalvador, na capital baiana.

Fonte
G1 Bahia


Tags


Deixe sua reação


Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Notícias Relacionadas
Notícias

‘Só restou eu’, lamenta jovem após perder pai, mãe e irmão em ...

“Uma coisa inacreditável. Só restou eu agora.”

O relato é do jovem Tales Ferreira...

Atropelamento

Mãe atropela barbeiro depois de ficar insatisfeita com o corte de cabelo ...

Mãe atropela barbeiro depois de ficar insatisfeita com o corte de cabelo do filho

A políci

...
Efeito chicote

Em SP, mãe relata morte após acidente e alerta sobre ‘efeito chicote’

Grávida do Miguel, seu segundo filho, a dona de casa Eloise Ghion Pires, 28 anos, de Guarulhos,...

Colunas
Colunas
Colunas