Cuiabá
| Postado em 15 de janeiro de 2020 às 8:51

População impede guincho da Semob de rebocar motos

Por Redação Portal

Confusão generalizada na tarde desta terça-feira (14) parou o trânsito da avenida 13 de Junho, no centro de Cuiabá

População impede guincho da Semob de rebocar motos
Reprodução

Confusão generalizada na tarde desta terça-feira (14) parou o trânsito da avenida 13 de Junho, no centro de Cuiabá.  Funcionários da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) faziam a apreensão de motos quando um jovem se revoltou, subiu no caminhão e retirou o veículo a força. Populares aplaudiram o rapaz e um homem agrediu o funcionário da empresa de guincho.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, mostra o dono da motocicleta em cima do caminhão guincho e tentando recuperar sua moto. Em seguida, ele fica irado e começa a quebrá-la. A população toma conta da avenida para ver o ‘show’, gerando lentidão no trânsito.

Em determinado momento, o rapaz tenta jogar a moto de cima do guincho. Um dos funcionários da Semob tenta impedir, mas acaba agredido com socos e pontapés.

O dono da motocicleta dá sequência na ação. A via é estreita e não é permitido estacionar, entretanto, diariamente carros e motos param ao longo da rua, em locais proibidos.

A Semob informou, por meio de nota, que os agentes e a empresa de guincho agiram dentro da legalidade conforme suas funções. A Pasta deve registrar boletins de ocorrência junto à Polícia Militar, sobre as agressões sofridas pelos funcionários.

Segundo a Semob, os veículos removidos estavam estacionados nas calçadas, colocando em risco da população.

 A respeito da situação de violência registrada no início da tarde desta terça-feira (14) Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) informa que:
– Os agentes de trânsito e o funcionário da empresa responsável pelo guincho atuaram em conformidade com as suas funções e com suas atribuições legais.
– As motocicletas removidas estavam estacionadas sobre a calçada, infração considerada grave.
– A irregularidade impede o fluxo de pedestres pelas calçadas, colocando-os em risco.
– A Secretaria e o profissional que foi vítima de agressão registrarão boletins de ocorrência junto à Polícia Militar (PM).
– Os envolvidos devem responder pelos crimes de vandalismo e agressão.
– As imagens feitas pelos cidadãos que testemunharam as agressões serão repassadas às autoridades e o crime será investigado pela Polícia Civil.

0 0 vote
Article Rating

Fonte
O Bom da Notícia


Tags


Deixe sua reação


Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas
Colunas
Colunas
Mais Vídeos
Seja você a mudança que quer para o mundoSeja você a mudança que quer para o mundo
Vídeos

Seja você a mudança que quer para o mundo

Clubinho Honda – Segurança no TrânsitoClubinho Honda – Segurança no Trânsito
Vídeos

Clubinho Honda – Segurança no Trânsito

Em todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsitoEm todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsito
Vídeos

Em todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsito

O uso da bicicleta facilita o trânsitoO uso da bicicleta facilita o trânsito
Vídeos

O uso da bicicleta facilita o trânsito