Glitter
| Postado em 27 de fevereiro de 2020 às 3:30

Pós carnaval: como retirar o glitter do carro?

Por Redação Portal

Dentro do carro, o carpete e os tecidos dos bancos parecem servir de imã para os grãos do glitter se acomodarem.

Pós carnaval: como retirar o glitter do carro?
Reprodução

Glitter e Carnaval tem tudo a ver – a gente adora enfeitar tudo o que vê pela frente com essas partículas brilhantes. O problema começa depois que a festa acaba: esses pedacinhos da folia que terminou ficam impregnados.

Dentro do carro, o carpete e os tecidos dos bancos parecem servir de imã para os grãos do glitter se acomodarem. Mas, apesar da insistência deles em habitar para sempre as superfícies do seu automóvel (ou sofá), é possível dar fim ao que sobrou na quarta de Cinzas.

O que é glitter?
O glitter é fabricado com uma fina folha de plástico coberta de alumínio que é dividida em partículas minúsculas. Nos últimos anos, a tendência é a utilização do material em cosméticos, o que inclui substâncias aderentes ao corpo – e que também acabam se espalhando pelo estofado do carro, assoalho, painel, ossos, pensamento e qualquer outro lugar que você possa imaginar.

Para acabar com tudo, o primeiro passo é recorrer a um aspirador potente. O equipamento ajuda, mas não suga todos os pedacinhos. Alguns grãos mais teimosos ficam presos às fibras e, nesse caso, uma ajudinha profissional pode ser necessária. Conversamos com especialistas de clínicas de estética automotiva, que deram algumas dicas.

“Iniciamos o processo de limpeza com um rolo adesivo e, posteriormente, realizamos a lavagem dos tecidos e utilizamos uma extratora [máquina profissional destinada para a limpeza de carpetes e estofados]”, afirma Thiago Augusto, gerente da Dry Dream Estética Automotiva, que realiza serviços de higienização para veículos na cidade de São Paulo.

Essa extratora é uma máquina que escova, lava e aspira a mistura de líquido e sujeira removida da superfície.

Augusto ainda oferece uma dica extra e bastante útil para os dias de Carnaval: caso os bancos do seu veículo fiquem encharcados de bebida alcoólica, não deixe o carro secando sob o sol. “Isso irá acelerar o comprometimento dos tecidos e potencializar o mal odor no carro”, explica.

Em casos mais graves, após derramar uma grande quantidade de bebida, as substâncias ficam impregnadas às espumas dos bancos ou aos feltros abaixo do carpete. Diante disso, é necessário realizar uma higienização que inclui a substituição e tratamento dos tecidos.

Nesse caso, é necessário remover os bancos e carpetes do carro. Por isso, fica a dica: bebidas alcoólicas e carros não combinam em hipótese alguma.

0 0 vote
Article Rating

Fonte
Revista Auto Esporte


Tags


Deixe sua reação


Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas
Colunas
Colunas
Mais Vídeos
Seja você a mudança que quer para o mundoSeja você a mudança que quer para o mundo
Vídeos

Seja você a mudança que quer para o mundo

Clubinho Honda – Segurança no TrânsitoClubinho Honda – Segurança no Trânsito
Vídeos

Clubinho Honda – Segurança no Trânsito

Em todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsitoEm todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsito
Vídeos

Em todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsito

O uso da bicicleta facilita o trânsitoO uso da bicicleta facilita o trânsito
Vídeos

O uso da bicicleta facilita o trânsito