Mobilidade
| Postado em 14 de janeiro de 2020 às 8:49

Prefeita de Paris quer cidade exclusiva para ciclistas, mas os desafios são grandes

Por Redação Portal

O plano da socialista Anne Hidalgo enfrenta críticas, especialmente com relação à falta de infraestrutura e segurança para quem se desloca de bicicleta

Prefeita de Paris quer cidade exclusiva para ciclistas, mas os desafios são grandes
Em foto de setembro de 2019, a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, anda de bicicleta acompanhada do presidente do comitê dos Jogos Olímpicos de 2024, Tony Estanguet /Foto: Stephane De Sakutin/AFP

Imagine uma cidade 100% voltada para os ciclistas. Assim poderá ser Paris, caso a atual prefeita da capital francesa conquiste um segundo mandato nas eleições de 15 de março de 2020. Porém, o plano da socialista Anne Hidalgo enfrenta críticas, especialmente com relação à falta de infraestrutura e segurança para quem se desloca de bicicleta.

A menos de dois meses do primeiro turno das eleições municipais na França, o anúncio da candidatura de Anne Hidalgo, no domingo (12), veio acompanhado de um projeto audacioso para os transportes urbanos. Diante da emergência climática, a ecologia será a base da plataforma de campanha da primeira mulher a ocupar a prefeitura de Paris, onde a esquerda está no poder desde 2001.

Mas apesar das promessas, a prefeitura ainda não conseguiu concluir um “plano bicicleta” lançado na atual legislatura e teve que enfrentar o fiasco em que se transformou a mudança do sistema de bicicletas de autoatendimento, o Vélib.

Investimentos

Paris estabeleceu o objetivo ambicioso de se tornar uma capital mundial do ciclismo. Desde 2015, a cidade vem fazendo investimentos sem precedentes de mais de € 150 milhões (R$ 690 milhões) na extensão de ciclovias.

Além disso, a atual administração propõe a criação de mais 10 mil vagas de estacionamento para bicicletas. Outra medida importante prometida pela atual prefeita é a retirada dos carros do “coração de Paris” (região formada pelos distritos centrais 1, 2, 3 e 4). O programa também prevê transformar a rotatória do Etoile (Arco do Triundo) e da Praça da Concórdia em áreas de pedestres.

Perigo à vista

Situada ao pé da Avenida Champs-Élysées, a Concórdia é a segunda maior praça da França e um dos locais mais perigosos para os ciclistas parisienses, segundo Charles Maguin, presidente da Associação Paris en Selle (Paris no selim, em tradução livre).

A entidade perguntou a 14 mil usuários de bicicleta da capital e do subúrbio quais eram os locais onde eles se sentiam inseguros ao circular. Com mais de seis mil respostas, o levantamento feito em 2017 concluiu que a Praça da Concórdia, assim como o Boulevard Saint Germain, são pontos temidos pelos ciclistas, já que nesses locais eles precisam disputar espaço com ônibus e, às vezes, com carros e motos.

A falta de infraestrutura e problemas de segurança também são apontados como o principal desafio para o projeto de transformar Paris numa cidade modelo para ciclistas. “Existem vias especiais, mas não em todos os bairros”, alerta Jean-Sébastien Catier. O porta-voz da Associação Paris en Selle cita pesquisa em que 60% dos habitantes da capital aprovam as bicicletas, mas não as utilizam por medo de acidentes.

Viagens em números

Ao diminuir o tráfego automobilístico, “Paris segue uma tendência mundial”, afirma o economista de transportes e urbanismo da Universidade de Lille, Fréderic Heran. O especialista destaca que a capital francesa já é uma cidade em que mais da metade dos deslocamentos são feitos a pé, enquanto um terço é feito de metrô ou trens urbanos. A principal razão é a alta performance da rede de metrô de Paris, cuja malha de 14 linhas atravessa todas as regiões.

0 0 vote
Article Rating

Fonte
G1


Tags


Deixe sua reação


Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas
Colunas
Colunas
Mais Vídeos
Seja você a mudança que quer para o mundoSeja você a mudança que quer para o mundo
Vídeos

Seja você a mudança que quer para o mundo

Clubinho Honda – Segurança no TrânsitoClubinho Honda – Segurança no Trânsito
Vídeos

Clubinho Honda – Segurança no Trânsito

Em todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsitoEm todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsito
Vídeos

Em todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsito

O uso da bicicleta facilita o trânsitoO uso da bicicleta facilita o trânsito
Vídeos

O uso da bicicleta facilita o trânsito