Conscientização
02/12/2019 às 8:44 | Atualizado em 02 de dezembro de 2019

Prefeitura lança campanha para frear mortes no trânsito em São Paulo

Por Redação Portal

O slogan “Hoje não: um movimento pela vida segura no trânsito”, que é baseada no Plano de Segurança Viária

Prefeitura lança campanha para frear mortes no trânsito em São Paulo
Crédito das imagens: Parada de ônibus com slogan da campanha/ Gildson Di Souza / Prefeitura de São Paulo

Com investimento de R$ 20 milhões, a Prefeitura de São Paulo lançou nesta sexta um movimento de conscientização sobre segurança viária, com o objetivo de mobilizar e engajar a população nos esforços para a redução do número de mortes e acidentes no trânsito.

Durante o ano de 2018, a capital paulista registrou 828 ocorrências fatais, que vitimaram 849 pessoas – morte de ciclistas, por exemplo, aumentaram 69% no primeiro semestre deste ano.

A ação contará com uma campanha de comunicação, com duração de sete meses, com o slogan “Hoje não: um movimento pela vida segura no trânsito”, que é baseada no Plano de Segurança Viária – Vida Segura, apresentado em abril.

“Quanto maior for o engajamento da população, melhor vai ser o resultado. Não adianta apenas ficar multando se as pessoas não participarem desse processo”, argumenta o prefeito Bruno Covas (PSDB).

O Vida Segura é baseado nos conceitos de Visão Zero e Sistemas Seguros, que partem da premissa de que nenhuma morte no trânsito é aceitável. Criado na Suécia em 1997, o programa já é usado em cidades como Nova York, Bogotá e Cidade do México. Na capital paulista, o projeto está contemplado no Plano de Metas.

A campanha, diz o órgão, será dividida em três fases. A primeira é de mobilização – 849 pontos de ônibus foram identificados e presentados como um número do total de vítimas fatais no trânsito em 2018.

A segunda fase, que começa neste mês, visa a proteção aos motociclistas. O número de óbitos em acidentes de trânsito, pela primeira vez, ultrapassou a quantidade de pedestres atropelados na capital paulista em 2018 – foram 366 vítimas fatais que estavam em motos, ante 349 pessoas a pé. Terceira e última fase, o respeito aos pedestres.

 

Fonte
R7


Tags


Deixe sua reação


Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Notícias Relacionadas
Teste de impacto

Proposta exige teste de impacto para veículos novos à venda no País

O Projeto de Lei 5737/19 determina que automóveis e utilitários novos, nacionais e importados,...

Acidente de Trânsito

Companheiro de Xuxa Meneghel sofreu acidente grave de moto

Companheiro de Xuxa Meneghel, o ator Junno Andrade passou após sofrer um acidente assustador...

Tragédia

Jovem que saiu de festa morre após perder a direção do veículo ...

Um jovem morreu após percer o controle do veículo em que conduzia às margens da BR-230 nas proximidades...

Colunas
Colunas