DPVAT
| Postado em 21 de novembro de 2019 às 9:09

Rede pede ao STF que suspenda efeitos da medida provisória que extingue o DPVAT

Por Redação Portal

Rede pede ao STF que suspenda efeitos da medida provisória que extingue o DPVAT

O partido Rede Sustentabilidade apresentou nesta quarta-feira (20), ao Supremo Tribunal Federal (STF), uma ação contra a medida provisória (MP) editada pelo presidente Jair Bolsonaro e que extingue, a partir de 2020, o seguro obrigatório DPVAT e o DPEM.

O DPVAT indeniza vítimas de acidente de trânsito e o DPEM assiste vítimas de danos causados por embarcações.

Na ação, a Rede pede a suspensão dos efeitos da MP e a declaração de inconstitucionalidade da medida.

A avaliação do partido é que a MP de Bolsonaro é inconstitucional por não apresentar requisitos de relevância e urgência previstos na Carta Magna.

“A extinção se dará apenas a partir de 1º de janeiro de 2020 – o que evidencia a ausência dos requisitos de urgência e relevância impostos pelo texto constitucional”, diz a Rede.

O partido também afirma que o governo não apresentou estimativa de impacto financeiro da medida. A Constituição estabelece que proposição legislativa que crie renúncia de receita deve ser acompanhada de estimativa de impacto financeiro.

Além disso, na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI), a Rede diz que a indenização do Seguro DPVAT tem “caráter social”.

“Protege os brasileiros em casos de acidentes de trânsito, especialmente os de renda mais baixa, em um contexto de menos de 20% da frota brasileira segurada”, diz o documento.

Indenizações

De acordo com a Seguradora Líder, gestora do DPVAT, no primeiro semestre de 2019 foram pagas:

  • 18.841 indenizações por morte;
  • 103.068 indenizações por invalidez permanente;
  • 33.123 indenizações para despesas médicas.

No ano passado, foram arrecadados R$ 4,6 bilhões com o seguro obrigatório DPVAT. Do valor arrecadado:

  • 45% foram usados no financiamento do SUS: R$ 2,1 bilhões;
  • 5% foram usados pelo Denatran para financiamento de programas de educação no trânsito: R$ 233,5 milhões;
  • 50% foram usados para pagamentos de prêmios do DPVAT: R$ 2,3 bilhões.

Também em 2018, de acordo com a seguradora Líder, foi pago um total de R$ 1,9 bilhão em 328.142 indenizações. Foram identificados também 11.898 casos de fraude no seguro. De 2008 a 2018, o Fundo Nacional de Saúde (do SUS) recebeu R$ 33,3 bilhões do DPVAT.

“De onde virão os recursos que deixarão de ser arrecadados para o SUS e para o Denatran? Não há qualquer informação quanto a isso”, afirma a ação da Rede.

“Há renúncia de receita destinada ao Sistema Único de Saúde e Denatran e, ao mesmo tempo, há aumento potencial da demanda de usuários dos sistemas de seguridade social e Sistema Único de Saúde, onerando duplamente o erário”, completa o partido.

O governo federal diz que a MP “tem o potencial de evitar fraudes no DPVAT, bem como amenizar ou extinguir os elevados custos de supervisão e de regulação do DPVAT por parte do setor público”.

Derrubada da MP

Segundo a colunista do G1 Andréia Sadi, parlamentares de oposição – e também da base aliada do governo – discutiram nesta semana o fim do DPVAT e afirmam que há apoio para recusar a medida proposta pelo Planalto.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de acordo com a colunista, concorda com a manutenção do seguro DPVAT.

Uma medida provisória, quando publicada no “Diário Oficial”, tem força de lei, mas, para continuar a vigorar, precisa ser votada pelo Congresso Nacional em até 120 dias.

Fonte
G1


Tags


Deixe sua reação


Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Notícias Relacionadas
Embreagem

Embreagem está com problema? Sinais indicam hora da troca

É difícil estimar quanto tempo a embreagem de um carro dura, pois depende do peso do veículo...

Ciclista

Projeto de Lei exige treinamento específico de motoristas de ônibus para preservar ...

No dia 19 de março, o empresário Artur Vinícius Sales, de 43 anos, morreu após ser atropelado...

Atropelamentos

Trauma de João Pessoa registra 14 casos de atropelamentos durante o final ...

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, realizou...

Colunas
Colunas
Colunas
Colunas