Limpador
| Postado em 23 de janeiro de 2020 às 5:00

Saiba se é hora de trocar as palhetas do limpador de para-brisa

Por Redação Portal

Quando o assunto são as palhetas dos limpadores do para-brisa, é preciso ter atenção: elas são um importante item de segurança, pois permitem a visibilidade em dias de chuva.

Saiba se é hora de trocar as palhetas do limpador de para-brisa
Reprodução

Muita gente só se lembra delas quando precisa, e nessa hora, caso o acessório não esteja funcionando perfeitamente, pode colocar os passageiros em risco. Quando o assunto são as palhetas dos limpadores do para-brisa, é preciso ter atenção: elas são um importante item de segurança, pois permitem a visibilidade em dias de chuva.

Especialistas recomendam que as palhetas sejam substituídas uma vez por ano ou quando apresentarem sinais de desgaste. De acordo com Alessandro Rubio, supervisor de pesquisa e conteúdo do Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi Brasil), é preciso verificar sempre o estado do acessório, se a borracha está ressecada, quebradiça, torta ou rasgada, pois isso influencia diretamente em sua eficiência.

Já para aumentar a durabilidade das palhetas, ele indica que é preciso manter o para-brisa limpo, evitar expor o veículo ao sol por longos períodos e também manusear os braços com cuidado, para evitar deformações na estrutura.

“A falta de uma verificação periódica das palhetas pode representar uma condição insegura para todos os ocupantes do veículo, pois a visibilidade do condutor será seriamente afetada em situações de chuva. Em casos extremos, quando a borracha já se deteriorou, pode, inclusive, ocorrer o aparecimento de riscos na superfície dos vidros, gerando a necessidade de substituí-los”, orienta Alessandro Rubio.

A dica do diretor da Oficina Renova, Fábio Tessarolo, para evitar surpresas quando a chuva começa, é dar uma conferida no acessório no momento em que for abastecer o veículo.

“Geralmente, quando faz o abastecimento do carro, o frentista pergunta se o motorista quer completar a água do limpador. Nessa hora, o indicado é aproveitar para esguichar a água e usar o limpador. Se observar que ele não está cumprindo seu papel como deveria, é hora de efetuar a troca”, explica.

Entre os sinais de que o equipamento precisa ser substituído, ele aponta quando a borracha trepida no vidro ou a água forma linhas que não desaparecem.

Esse teste também ajuda a evitar surpresas com o sistema de acionamento do limpador. Outro cuidado importante, segundo ele, é com a limpeza da borracha, que deve ser feita com um pano úmido.

Na hora da troca, também é preciso estar atento, pois há vários modelos de palhetas no mercado, mas é recomendado usar a descrita no manual do proprietário ou observar na embalagem do produto se a palheta é indicada para o veículo.

“Na hora de substituir, procure marcas que sejam reconhecidas, não use produtos de baixa qualidade, pois a durabilidade será menor. Como é um item que fica parado durante a maior parte do tempo, quando você mais precisar, ele pode não funcionar”, alerta.

Fonte
A Gazeta


Tags


Deixe sua reação


Deixe seu comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar se

Notícias Relacionadas
Colunas
Colunas
Por João Eduardo Moraes de Melo

O Coronavírus e os acidentes de trânsito

Colunas
Mais Vídeos
Seja você a mudança que quer para o mundoSeja você a mudança que quer para o mundo
Vídeos

Seja você a mudança que quer para o mundo

Clubinho Honda – Segurança no TrânsitoClubinho Honda – Segurança no Trânsito
Vídeos

Clubinho Honda – Segurança no Trânsito

Em todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsitoEm todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsito
Vídeos

Em todo o mundo pessoas arriscam a sua vida e dos seus no trânsito

O uso da bicicleta facilita o trânsitoO uso da bicicleta facilita o trânsito
Vídeos

O uso da bicicleta facilita o trânsito