Simulador
| Postado em 22 de novembro de 2019 às 3:04

Salão Duas Rodas apresenta simulador de motocicletas

Por Redação Portal

A tecnologia utilizada é resultado de três anos de pesquisa e desenvolvimento realizados pela Younder e pela ProSimulador.

Salão Duas Rodas apresenta simulador de motocicletas
Reprodução

O lançamento do ProS.moto, mais avançado simulador para treinamento de motociclistas desenvolvido pela Younder by ProSimulador, é uma das novidades do Salão Duas Rodas 2019.

A tecnologia utilizada é resultado de três anos de pesquisa e desenvolvimento realizados pela Younder e pela ProSimulador, unindo plataforma digital e conteúdo educional com equipamento de alta imersão, sendo possível realizar a aplicação de treinamentos e capacitações para motociclistas. O equipamento é altamente adaptável e com aplicações que podem contribuir, inclusive, na formação de novos condutores na categoria A da CNH.

“O ProS.moto” é uma ferramenta de treinamento que pode ser utilizada tanto na formação de novos condutores quanto na capacitação de pessoas que já são habilitadas”, destaca Claudia de Moraes, CEO da Younder. “Para empresas de aplicativos de entrega, por exemplo, a tecnologia pode ser empregada no treinamento e conscientização de condutores. Já para os fabricantes, além de projetos especiais de capacitação, é possível disponibilizar os simuladores para experência imersivas de clientes em concessionárias”, é o caso da Yamaha que utilizará no YRA – Yamaha Riding Academy.

O que faz do ProS.moto uma ferramenta versátil e adaptável, com grande nível de realidade, é uma combinação de hardware e software que pode ser modificado para reproduzir a dinâmica veicular de qualquer motocicleta e até mesmo scooters (motonetas). “Não se trata apenas de acionar botões, pisar no pedar e girar o guidão. O ProS.moto reproduz a interação entre corpo e máquina. ele reage e você sente a aceleração, a velocidade e a frenagem. Esse foi o nosso maior desafio no desenvolvimento”. revela Sheila Borges, diretora de produtos da ProSimulador.

É possível customizar aparência e dinâmica da motocicleta, com isso é possível reproduzir as características do modelo, alterando até a posição de pilotagem. Aqui um ponto positivo, todavia, é possível vestir o hardware com roupa de qualquer outra marca e modelo.

Primeiras impressões

Os modelos utilizados foram a Fazer250 e Factor150 da Yamaha, eu fiz uma simulação na Factor150 e pude notar primeiro a posição de pilotagem e comandos idênticos a motocicleta real. O realismo é impressionante, achei bem interessante fazer o condutor utilizar um capacete, mas acredito que com o óculos VR (realidade virtual) com visão 360 graus(que não estava disponível), seja o mais ideal para exigir do condutor olhar ao acessar um cruzamento, por exemplo, ou olhar para onde quer ir, usando os movimentos reais da cabeça quando pilotamos.

Senti falta da possibilidade de inclinar a moto ao fazer conversões acima de 35 Km/h, bem como realizar contraesterço em situações que foram criadas para simular minha atitude ao guidãopara desviar de um acidente. Outros pontos que entendo ser necessário melhorar é a resposta do acelerador, me passou impressão de folga e o freio traseiro muito sensível causando fácil travamento. O peso da embreagem e o escalonamento do câmbio estavam identicas a uma Factor150 real e o aparelho faz excelente simulação na aceleração (mergulho traseiro) e frenagem (mergulho dianteiro). Segundo o fabricante, é possível realizar toda uma programação para tornar o hardware mais sensível, podendo inclinar e sentir até a aderência, algo que também ficou prejudicado, era visível a falta de aderência, por exemplo, na neve, mas isso não senti no corpo.

É sem sombra de dúvida um avanço de suma importância para a segurança viária de quem utiliza motocicleta, sendo possível sua utilização na formação do condutor e na reciclagem. Gostei, pretendo conhecer melhor o produto e quem sabe contar com mais essa ferramenta no Projeto Motociclismo com Segurança em atendimento as ETEC´s,FATEC´s – dado o Acordo de Cooperação Técnico-educacional com Centro Paula Souza, no Projeto com a Universidade Federal de Rondônia em parceria com o DETRAN/RO e, também, na realização de SIPAT nas indústrias.

Fonte
R7


Tags


Deixe sua reação


Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Eloisio teixeira
Visitante
Eloisio teixeira

Só pode está de sacanagem!!! Esses sangue sugas não param de querer dinheiros nosso, por uma merda dessa pra tirar a CNH é chamar os professores de auto escola de incompetente e os alunos de retardados

Alex
Visitante
Alex

É uma pena que existe empresas como a pro simulador que só pensa em ganhar dinheiro em cima da população, forçando a implantação desses simuladores e afirmando que é eficaz, sendo que o mesmo não passou por estudo que comprove sua eficácia reduzindo significativo o numero de acidente.

Notícias Relacionadas
Recall

Hyundai chama i30 para recall; airbags podem se abrir com impactos em ...

A Hyundai anunciou um recall envolvendo 112.585 unidades do i30 de primeira geração, feitos...

DPVAT

Seguradora quer reverter decisão do governo de extinguir Dpvat

De cada 10 veículos na rua, menos de três têm seguro facultativo – mais de 70% transitam...

Dúvidas

Gasolina com água e combustível incolor. O que é mito e verdade?

Quando o assunto é a gasolina que vai para o motor do carro, todo cuidado é pouco. Apesar de todas...

Colunas
Colunas
Colunas
Colunas